19 julho 2012

Resultado prova 2+Prova 3


Oie! Como estão?
Bom, recebi as fotos (por e-mail e por comentários) e foi uma decisão difícil. Eram tantas fotos lindas! :x
Maaas teve umas excepcionalmente belas! E elas foram as vencedoras! ♥
Então vamos relembrar os lugares?
Primeiro Lugar: 25 pontos
Segundo Lugar: 18 pontos
Terceiro Lugar: 15 pontos
Quarto Lugar: 10 pontos
Quinto Lugar: 5 pontos

E ficou assim:

Primeiro Lugar- Ana Melissa, Douce L'Amour


Segundo Lugar- Marina, Porta Estilos
Tumblr_l0n8jnywam1qanfjbo1_500_largeTumblr_lglgt1ygmn1qf3iveo1_500_large

Terceiro Lugar- Anny, Dreams of a Girl
531329_220606588061984_1035975816_n_largeTumblr_m70zg7u1la1rqm8q6o1_500_large

Quarto Lugar- Mirela, Fics Jemi

Quinto Lugar-Caroline, Way to Be Girl

Foi super difícil escolher só 5!
Bom, quem enviou ganhou 2 pontos! ^^
E quem enviou foi:
Valentina-Pink Berries
Izabela de Lima-Elfa do Photoscape
Luh-Meu diário minha vida
Stupid Girl- Garotas fofas sg
Jéssica-fofoca feminina
Vicky -Coisas de Menina
Nathalia Lima-Que seja Eterno
Aline-Vivendo a adolescencia
Vanessa-Nós no Pc
Nayra-Nayriinha Fashion Tips
Gabih-Apenas 13
Thay-Adolescendo
Nicoli-Sweet Girls
Hay- s2Hay
Camila-Metamorfosando
Barbara-Detalhes da Moda
Andressa-Little-of-Everything
Bianca-Candy World
Carol-Sweet Dreams

Gente, teve gente que não participou da primeira nem da segunda prova. Se não participar da terceira, será infelizmente desclassificado "/

Bom, bora ir pra terceira prova??

Bom, o objetivo da prova é super simples. 
Eu vou contar um "parágrafo" de uma história, e você tem que continuar ela.
Pode ser de terror, comédia, do jeito que você quiser.
O mínimo é de 10 linhas e não tem máximo (só não precisa fazer uma bíblia hahaha). Não precisa ser grande, o que importa é a história.
Eu vou levar em conta a criatividade.
E essa prova vai ser especial, porque vai ser postada a melhor continuação e vai dar uma websérie que vou escrever junto com vocês.
P.s.: Necessariamente, não precisa terminar a história, você pode escolher entre continuar ou terminar ela. Não precisa ser nada complexo.


A prova vai até o dia 22 de Julho.
Vão ser três lugares:
1o Lugar: 40 pontos
2o Lugar: 30 pontos
3o Lugar: 20 pontos

E todo mundo que enviar vai automaticamente ganhar 5 pontos.
É só preencher nos comentários:
Nome:
Url do Blog:
Continuação:

E pronto! Agora coloquem a criatividade para funcionar, porque essa prova vai valer muitos pontos!! >u<
Era de noite. Mariana fechou o livro e apagou a luz. Estava sozinha em casa, para que dormir cedo? Isso não era típico dela. Aninhou-se no meio das cobertas e fechou os olhos. Estava começando a sonhar, quando, de repente, a porta do armário abriu. Ela se levantou. Olhou dentro. Nada. Deveria ser o vento. Fechou a porta e deitou na cama. Sonhava como seria a aula de amanhã. Chata, como sempre? Um barulho de porta abrindo. Era o armário de novo. Impaciente, fechou com mais força a porta. Voltou para a cama. Tinha perdido o sono. Então, a porta se abriu com um estrondo. "Mas que diabos!" Disse com raiva. Mas viu, de repente, um pequeno envelope no fundo do armário. Abriu. Lá continha uma pequena chave.
Prontinho, gente!
Lembrando que não precisa ser nada complexo!

Estou louca para ver a história de vocês,  e mãos á obra!
Beijinhos, Vickie♥


32 comentários:

  1. Ah meu Deus, sou eu e meu blog ali ?
    Uhul \õõõõõõõõõ/ Que bom que você gostou das
    minhas rsrsrs Ambas são românticas, né ? É lindas. Obrigada >.<
    >u< Aiin, só vim aqui dar meu pitty básico,
    depois eu mando a continuação da história.
    Do que será a chave ? Hahahaha.
    Até mais.

    Beijos,
    ~ Ana Melissa <3 Nhaaaaaac =3

    ResponderExcluir
  2. Nome: Hay
    Url do Blog: s2hay.blogspot.com
    Continuação: ela já apavoradas ficou pensando de onde era aquela chave, quando ela lembrou-se de uma porta do armário que ninguém conseguia abrir, elas estava apreensiva mas não consegueria dormir de tanta curiosidade que ela estava, ela colocou a chave na fechadura da porta do armário, e girou à lentamente, quando derepende quando à porta se abriu ela viu uma luz muito forte e uma força a puxando para dentro, ela entrou, quando derente viu que era a casa de sua professora e que ela estava fazendo alguma coisa e que ela estava com uma aparencia de bruxa, mas ela não sentiu vontade de voltar continuo observando, quando derenpende ela ouviu a 'bruxa' falando para o gatinho preto dela : não estamos sozinhos aqui!
    Foi quando alguém começou a chama-lá Mariana! Mari! Acorde filha, ta na hora de ir para à escola!
    Foi ai que ela percebeu que o que ela achava que tinha acontecido à noite era só mais um sonho.
    FIM :)

    ResponderExcluir
  3. nome:valentina
    url do blog:tinapinkberries.blogspot.com.br
    Mariana viu que não tinha nada apesar de umas pequenas letras q falavam alguma coisa que ela não entendia.Mariana sentou-se na cama e com uma lupa começou a ver o que estava escrita naquele papel cor de marfim,de repente mariana deu um salto ela tinha entendido o que estava escrito:CORRA O QUANTO PODE POIS MAIS UMA VIDA SERA SALVA!
    Ela não entendia o que a carta dissera,mas aquela carta tinha uma coisa que a empolgava de descubrir e ajudar estas pessoas!De repente algo caiu da carta,Mariana pegou e olhou não sabia o que porque nunca tivera visto aquela coisa ela olhou mais e viu uma coisa escrita,olhou e viu que estava escrito:AMPULHETA DO TEMPO ela ficou assustada! Mariana viu que o armario tinha uma luz,mas não aquela luz de jardim ou a da lampada de quarto,mas uma luz do sol uma luz da claridez do dia.Ela pensou que ela estava louca mas ela percebeu que não estava ela entrou no armario e viu q ela estava numa floresta!! cheia de flores,rios e animais.Era tão diferente do que seu propio mundo mas ela aquele lugar não era estranho ela conhecia aquele lugar!ela sonhava toda noite com ele esperando conhece-lo,aquele lugar....era mágico.Quando ela lembrou da carta...tinha sonhado que alguem iria morrer mas não lembrava quem!Quando ela ouviu vozes,eram soldados do castelo dos arrepios estavam lá a procura de um rapaz.Os soldados perguntaram-lhe se ela tinha o vista,Mariana sabia quem ele era mas não podia contar.Então Mariana falou q nunca tinha visto aquele rapaz os guardos olharam entre si e foram embora,falando com outro guarda que tambem procurava o tal rapaz.Mariana estava tensa com medo de que os guardas pegasem Gustav.Ele era seu melhor amigo nos sonhos sempre bricavam juntos,mas Mariana nunca mais sonhara com Gustav e seu mundo encantado,Quando ela ouviu alguem chamala-psiu!Mariana!-Ela olhou em sua volta e viu que alguem estava dentro deu um buraco.-Gustav o que voce está fazendo ai?-ora me escondendo-disse com uma cara sorridente-eu posso morrer se voce continuar ai!venha para cá!!-ok! disse Mariana num tom rapido-temos que salvar o mago do oeste! e rapido!disse Gustav,Mariana percebeu o que a carta estava querendo disser, em mis de uma vida será salva!!-mas porque?Disse ela-eu não sei mas eu ouvi uns gurdas falando em prescisar matar o mago do oeste!Disse ele-entao vamos!-disse Mariana.Os dois sairam do buraco e viram uma moto de um gurda eles de olharam e sorriram e subiram na moto-pra o castelo do mago!-disse Gustav e eles foram para lá.Chegando lá viram q ainda não tinha chegado os guardas e viram o mago falaram pro mago e ele jogou um feitiço e sumiu!Os dois foram embora-Mari vá para a cabana do oeste!disse Gustav-porque?disse Mariana-PORQUE SIM ORAS!!-Disse Gustav depressa.
    Os dois foram pra a cabana e Gustav desceu e disse:muito obrigado por salavar a minha vida e a do mago! nos veremos em breve adeus!Gustav acenou e entrou na cabana.Mariana não entendeu.
    Mariana abriu os olhos assustada e viu que estava em seu quarto,era um sonho a carta não era verdadeiro nada era verdadeiro.Voltou a dormir quando alguem cutucou ela,era Gustav,-eu disse que nos veriamos em breve!Gustav se abaixou e deu-lhe um beijo na bochecha e se despediu e entrou no armário,fechou e trancou.
    Mariana foi até o armário e tentou abrir e logo em seguida entrou na cama e voltou a dormir.

    ResponderExcluir
  4. Nome: Carol
    URL do blog: www.sweetdreams-carol.blogspot.pt

    Continuação:

    Olhou em volta. Fixou os olhos num grande baú.Realmente, ele sempre estivera ali, mas Mariana nunca se tinha lembrado de o abrir. Talvez porque aquele baú nunca lhe tinha despertado interesse, ou simplesmente por preguiça. Olhou de novo para a chave e dirigiu-se para o baú. Com cuidado abriu-o e... uma luz muito intensa quebrou a escuridão do quarto. Espreitou lá para dentro. Estava confusa, parecia mais uma parte de um filme do que propriamente algo real. Curiosa, espreitou lá para dentro, mas não conseguia ver nada pois a luz era tanta que a sua visão se perdia. Aproximou-se mais, mais e mais, até que caiu... não se magoou, algo lhe amparara a queda. Levantou-se, esfregou os olhos, e apra seu grande espanto, já não estava mais em casa. Era um jardinzinho verde, cheio de criaturinhas castanhas a correr de um lado para o outro. Mariana voltou a esfregar os olhos, aquilo que via perante si, só podia ser um sonho. Começou a andar até que um rapaz, mais ou menos da sua idade se aproximou.
    - És nova aqui?
    Envergonhada, começou a corar. Afinal ela nunca tivera jeito para falar com rapazes.
    - Mais ou menos... Estou perdida, não sei onde estou, apenas sei que vim cá parar através de um baú.
    - Como o conseguiste abrir?
    - Uma chave apareceu no meu quarto... mas eu quero voltar para casa
    - Hahaha, não fiques envergonhada, antes de ires gostaria que conhecesses um pouco este mundo. Já agora, meu nome é Afonso.
    - Prazer, eu sou a Mariana.
    Ambos não deram conta do tempo passar... Mariana sem se preocupar com os facto de os pais poderem estar preocupados, decidiu ficar lá mais tempo, por uma simples razão: Ela estava apaixonada, e ao que parece ele também. O que eles não sabiam era que estavam prestes a ser separados.

    ------------------------------------------------

    Vickie, preciso de escrever mais?? É que eu acho que a história irá ficar enorme se eu acabar. Se houver algum problema me avisa tá bom??

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Nome: Izabela de Lima
    URL blog: http://elfadophotoscape.blogspot.com.br/

    Ela ficou a olhando, e pensou: "Amanhã eu vejo o que é isso". Se deitou novamente. Mas quem disse que ela conseguiu adormecer? Ela não parava de pensar naquela chave. Decidiu ir até a cozinha, para tomar um chá, e acalmar os ânimos. Ela bebia distraidamente o seu chá, quando escutou alguém bater na porta da cozinha. Mariana só teve tempo de ver um vulto passando rapidamente através do vidro da porta, deixando um envelope azul pelo vão da porta. Ela o abriu, e lá tinha um bilhete dizendo "venha me encontrar". Ela pensou que fosse seu namorado, que sabia que ela ficaria sozinha em casa naquela noite, e foi até o quintal. Ela não encontrou ninguém lá, mas notou que havia uma cabine azul lá. Aí ela pensou "mas que diabos é isso?". Aí lembrou da chave, e pensou que ela abriria aquela coisa azul. Mas, enquanto ela ia se aproximando da cabine, um homem vestindo-se peculiarmente apareceu do nada, dizendo: "Ah, então é você quem está com a chave da minha cabine? Como é o seu nome? Eu sou o Doutor." Mariana estava espantada, e, ao mesmo tempo, encantada com aquele homem misterioso. E ele continuava falando: "Ora, você não vai dizer nada? Vamos, me dê a chave!". Ela lhe deu a chave, e ele abriu a cabine. 0ariana ficou admirada, pois a cabine era maior por dentro, do que por fora! Então o Doutor mal-vestido disse: "E então, quer dar uma volta comigo?" E ela teve a maior aventura que ser humano nenhum jamais viveu.

    Acho que em empolguei, né? Escrevi uma fanfiction de uma série que adoro (Doctor Who).

    ResponderExcluir
  6. Nome: Thay
    Url do Blog:http://blog-adolescendo.blogspot.com/
    Continuação: dentro do envelope também continha um pedaço de papel onde estava escrito: "descobra o que abrir, para uma surpresa conseguir, saiba o que achar para o meu coração eu te dar. Ass. Aquele que te ama de todo o coração"
    Logo Mari pensou que deveria ser algo de seu amigo, na semana anterior ele lhe dera uma caixa, mas segundo ele, ele havia perdido a chave. Mas havia um problema! Onde estava a caixa? Ela tentava a todo custo lembrar, eles tinham uma quedinha um pelo outro mas não tinham coragem de revelar, logo ela pensou que jamais seria dele aquela chave, nem o bilhete
    ,afinal, ela achava que ele não gostava dela e tinha medo de estragar a amizade. Ela então procurou a casa toda, o quarto ficou uma zona, mas ela encontrou, tentou, tentou e conseguiu abrir a caixa, que era grande por sinal, to tamanho de duas palmas (de mão) dentro dela tinha outra caixa, e dentro da outra, outra e assim por diante até que na última caixa, havia uma embalagem, tipo uma caixinha de anel e dentro dessa mesma caixa, um bilhete que assim dizia: Pode não parecer Mari, mas desde que eu te conheci, me apaixonei, pelo seu olhar, seu jeito meigo, por você, aceitei ser apenas seu amigo, pois quanto mais perto de você eu estava, mas feliz eu ficava, por isso não tive coragem de dizer o quanto EU AMO VOCÊ! Queria poder gritar para o mundo ouvir, você não sabe o quão doloroso é ouvir você falar dos garotos mais bonitos do colégio, e coisas assim, por isso se esse sentimento corresponder, aceite esse anel, dentro desta caixa e responda a um pedido meu "QUER NAMORAR COMIGO?".

    Dessa forma, Mari chorando, não se aguentava de tanta alegria, e dormiu sonhando e aguardando aquele dia de aula, onde poderia revelar verdadeiramente o que sentia por Mateus (seu melhor amigo).

    Ao acordar, vestiu sua roupa mais bonita, se maquiou, e se arrumou como nunca antes para ir para a escola, nada tirava aquele sorriso dela.
    Pegou o ônibus e ao chegar na escola como sempre, sentou ao lado dele num banco no jardim da escola (onde ninguém os via), ele virando para o lado, não queria encará-la. Ela sentou ao lado dele (usando o anel é claro), virou o rosto dele para ela, e disse: " Sim, sim é claro que sim!!!" Ele a abraçou, e depois de um silêncio, se aproximou dela, e foi se aproximando, colocou a mão no rosto dela e a beijou. Seu coração disparava e ela não sabia o que fazer, afinal era seu primeiro beijo, seu primeiro namorado e melhor ainda SEU PRIMEIRO AMOR.

    ...............................................
    Ah Vickie, vou te dar o link de um "mural" do pinterest que eu amo que tem só imagens de DIY's, eu não sou cadastrada no pinterest porque eu não consegui, segui as suas dicas direitinho, mas não foi :/ Que pena que as minhas imagens não foram escolhidas... espero que goste da minha história.
    link do mural:http://pinterest.com/tbdofficial/diys/

    ResponderExcluir
  7. Nome: Jéssica Leite
    Url do Blog: www.fofoca-feminina.blogspot.pt
    Continuação: A chave era pequenina e dourada. Fazia lembrar uma daquelas de diário. Tinha uma forma de coração e Mariana não fazia a mínima ideia de onde poderia ser. Então a porta do seu quarto abriu e ela viu nas escadas uma pequena luz. Decidida, desceu as escadas segindo a pequena luzinha, a qual nunca conseguia alcançar porque se afastava sempre. Passaram pela sala, cozinha e chegaram então à cave. Mariana hesitou pois aí a luz desapareceu dentro de um armário e tudo ficou escuro. Ela com medo acendeu as luzes e aproximou-se do armário. A portinha estava trancada, mas o buraco da fechadura era igualzinho ao formato da chave que ela ainda segurava na mão. Então ela colocou na abertura e rodou 3 vezes. Dentro tinha um envelope igual ao que tinha a chave, mas em tamanho maior. Abriu e dentro tinha um monte de fotos e papéis. Tinha fotos dela desde bebé até à adolescência, mas... algo estava errado. Numa das fotos em que a menina estava na piscina ela tinha um sinal em forma de estrela no ombro e ela não tinha. No meio dos papéis encontrou uma certidão de nascimento. Tinha o mesmo dia do nascimento dela, mas o nome não era o mesmo. Joana Filipa Santos Amorim. Vinha acompanhada de uma fotografia de duas bebés iguazinhas deitadas de barriga para baixo dormindo. Uma era ela e a outra tinha uma estrela no ombro.
    Mariana deu um grito e deixou cair tudo. Ela tinha acabado de descobrir que tinha uma irmã gêmea. Mas o que havia acontecido com ela? Porque os pais nunca lhe contaram nada?

    To be continued.......

    ResponderExcluir
  8. Nome: Gabih
    URL: http://apenas13.tk
    Continuação:

    “O que eu devo fazer?” ela pensava. Nada vinha a sua cabeça. Nada mesmo. Ela segurou a chave na mão e deitou-se na cama novamente. Quase sem perceber, ela acabou pegando no sono. Aquele sonho não era comum para ela. Ela sonhou com um homem andando de costas para ela. Ele era alto, tinha os cabelos grisalhos e andava com um terno, pelo o que ela podia deduzir. Ele andava por muitas ruas, parecia que nunca chegava a nenhum lugar. Entrava em becos e saia em avenidas, até que entrou em uma rua, uma familiar para Mariana. Ele entrou na rua de sua casa e foi em direção a casa dela. Esse moço ou senhor entrou na casa sem pedir licença e foi em direção ao seu quarto. Parecia que ele já conhecia o lugar. Ele parou em frente à cômoda, que ficava do lado da sua cama. Ele se ajoelhou e abriu a ultima gaveta. Colocou a mão dentro e vasculhou até que encontrou uma caixinha de música, aparentemente familiar para ela.
    Quando ela se aproximou, reconheceu a caixinha: era aquela que sua mãe ligava toda noite para dormir quando ela era criança. Aquele homem retirou do paletó um envelope e o abriu. Dentro dele havia uma chave, idêntica aquela que Mariana encontrou no seu armário. Ele ligou a caixinha, se levantou, e quando ele ia se virar, Mariana acordou em um pulo, foi no mesmo lugar que o homem estava e encontrou a mesma caixinha de música. Subitamente, ela ligou a caixinha e deu um sorriso. Só uma coisa a intrigava. Uma não, duas: como ela sonhou aquilo e como o envelope estava no armário, se ela não viu ninguém colocando ele lá.

    Ficou meio grande, né? hehehe!! Não consigo fazer histórias pequenas...

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Vick, eu participei dessa prova e você não acrescentou dois pontos. Porque? *oo*
    Já tô fazendo uma continuação, acho que mais tarde venho aqui e comento. Beijuus.
    Nhaac ~~~> garotasfofas-sg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nome: Vicky
    Url do blog: www.coisasdemenina-vicky.blogspot.com
    Continuação:...uma pequena chave. Marina, assustada, pegou a chave. Foi andando pela casa e testando em todas as portas. nada! Só faltava uma porta. a do sótão. Ela subiu as escadas que faziam um "creec" profundo e aterrorizante. quando abriu, um livro caiu no chão. Ela o pegou e começou a ler. Era um diário. Ela começou a ler:
    "Uma ilha deserta. No meio do mar, a quilômetros daqui. Uma ilha mágica, onde os animais cantam e há um grande mistério. A ilha de Merlinda."
    E embaixo um mapa. Marina olhava fixamente, quando leu embaixo o nome do pai assinado, que desapareceu antes dela nascer.
    Ela tinha que achar essa ilha. Só não sabia como. E porque.
    ----------------------------------------------
    Euuuuu já sei qual vai ser o final hahahaha s2
    O.B.S: No espaço dos comentários deu 15 linhas

    ResponderExcluir
  11. Era de noite. Mariana fechou o livro e apagou a luz. Estava sozinha em casa, para que dormir cedo? Isso não era típico dela. Aninhou-se no meio das cobertas e fechou os olhos. Estava começando a sonhar, quando, de repente, a porta do armário abriu. Ela se levantou. Olhou dentro. Nada. Deveria ser o vento. Fechou a porta e deitou na cama. Sonhava como seria a aula de amanhã. Chata, como sempre? Um barulho de porta abrindo. Era o armário de novo. Impaciente, fechou com mais força a porta. Voltou para a cama. Tinha perdido o sono. Então, a porta se abriu com um estrondo. "Mas que diabos!" Disse com raiva. Mas viu, de repente, um pequeno envelope no fundo do armário. Abriu. Lá continha uma pequena chave. e ela curiosa para saber do que se trata pegou a chave e deixou cair um bilhetinho escrito : " um baú atras das roupas " ela ansiosa procurou e ate que axou um bauzinho cor-de-rosa E dentro tinha a foto da sua mae que tinha morrido a 2 anos ela assustada voltou a cama e se embrulhou com a coberta , Ela teve um pesadelo que a caixa cor de rosa Era do sua mae e ela foi ali e deixou, derepente ela ve um vulto indo pro banheiro Quando chega no banheiro nao tem ninguem, algo passa atras de vc e vai para a cozinha ela vai para a cozinha e nao tem ninguem entao ela se esconde dentro do quarto de seu pai E sente uma mao tocando atras dela entao ela vira e encontra seu pai QUe diz" filha acorda filha, filha esta na hora da escola " KK nossa nunca consigo ganhar :(

    ResponderExcluir
  12. A chave era pequenina e prateada,ela guardou no bolso e foi para descer as escadas para beber água,a escada estava escorregadia e com o máximo cuidado para não escorregar,ela infelizmente bateu a cabeça e caiu com tudo no chão,assim soltando um degrau da escada.
    Surpresa ao avistar um pequeno baú,ela então ligou os fatos:a chave e o baú e claro que foi tentar abrir,e pelo incrivel que parece o baú se abriu.Nele tinha uma papelada de adoção,ela ficou meia confusa,estava pensando em como aquele papel estava lá,e lendo descobriu algo que a surpreendeu e fez a derrubar tudo no chão.
    Mariana Mendes da Silva descobriu que era ADOTADA!
    Em estado de choque,veio perguntas em sua cabeça:
    "Por que meus pais,que não são meus pais me escoderam isto?"
    "Quem são meus pais de verdade?"
    "O que farei daqui pra frente?"
    Continua...

    ResponderExcluir
  13. Nome:Aline Conceição
    Site do blog:viiivendoaadolescencia.blogspot.com

    DESCULPE ME ESQUECI DE COLOCAR KKK

    ResponderExcluir
  14. Huuuuummmm..... Poxaa ;[ fiquei triste pois não fui classificada, mais pelomenos ganhei 2 pontinhos ! {EBAAAA} Dá próxima eu consigo se deus quizer.
    bjubju
    E háa... depois eu envio o texto !

    ResponderExcluir
  15. Nome: Bárbara
    Url do Blog: http://detalhesdaamooda.blogspot.com.br/
    Continuação:Uma chave pequena de ouro, ela examinou a chave e em meio àquele
    barulho que ouvirá estava assustada, como uma chave apareceria
    assim do nada? Então estava com medo, muito medo quem colocou a chave
    ali? E como? Ela não cosiguia entender, não comprendia, olhou mas uma
    vez o envelope para ver se não tinha algum bilhete mas nada de achar
    algo, ela já estava meio confusa sem entender nada, ela examinou bem
    a chave de novo e então à reconheceu era uma chave de um diário que ela
    tinha que ela mesmo tinha deixado ali, e razão para ele estar dentro do
    envelope era para ninguém pegar, mas e o armário abrindo toda hora? Como
    imaginava era o vendo então ela já mais calma deitou na cama, e ficou o
    esperando o sono, que nesse momento já tinha ido embora, voltar.

    ResponderExcluir
  16. Nome:Bianca Vidal
    Url do Blog:http://candyworld-blog.blogspot.com.br/
    Continuação:Abriu.Lá continha uma pequena chave.Ela estava confusa,uma chave?Magica?Fatal?Pra que?Então deixou o envelope na cama e saiu procurando a fantástica porta a qual a chave iria abrir..Mais ela via que a chave não era normal pois essa chave tinha um formato muito estranho..
    Então sua procura começou,procurou em todas as portas de sua casa(que aliás era enorme)..Mais lembrou-se que ainda havia uma porta..A do sotão um lugar onde ela não se atrevia a ir!Mariana abriu a pequena porta que levava ao sotão,e viu la embaixo uma porta,meio torta...Tentou abri-la e adivinhe...Nada aconteceu!!(u.u)Então lamentando ela,voltou ao quarto..E tentou dormir,mas continuava atordoada,quem deixara aquela chave em seu armário?Sua falecida mãe?Algum amigo para fazer uma pegadinha?
    Ela se levantou e foi tomar um copo d'água,então se lembrou do envelope onde encontrara a chave..Foi ve-lo com a esperança de lá ter alguma pista,sobre a porta,janela ou algo do gênero,ao olhar o envelope,deixou cair de dentro dele um pequeno papel amassado,que ela desembrulhou e nele deu o seguinte:
    "Ajude-nos"
    Já assustada a garota começou a acender as luzes de casa.Depois de acender as luzes,ela viu um cadeado no canto de seu armário e que prendia algo,ela tambem observou que a chave que encontrara abria o cadeado,então ela o abriu!E junto com o cadeado o armário se abriu de uma forma expetacular!E começou a brilhar de um jeito,como se o dia tivesse começado e a garota estivesse praticamente 100 metros longe da vista do amanhecer!Era uma luz que a cegava.Mais começou a diminuir,então Mariana,vendo oque estava acontecendo ali,viu que o armário começou a se transformar em um portal.
    continuação....

    ResponderExcluir
  17. continuação...
    Bianca Vidal
    Ela com seu jeito curioso é claro que entrou no portal,e ao chegar do outro lado caiu e ficou inconsiente por uns 10 minutos,quando voltou em si ela percebeu que estava em um mundo completamente diferente,não era assustador era LINDO!E Mariana sabia que ja vira aquele mistico lugar.Talvez em seus sonhos,na internet...Em algum lugar.Neste universo mágico existiam duendes,fadas,pôneis coloridos,uma montanha do sorvete,uma mansão de doce!Era lindo!Muito!Então ela se perguntou:
    -Que lugar é este?Onde esta meu quarto,meu pai,meu closet,minha casa,minha amigas!
    Quando uma voz atras dela respondeu:
    -Aqui é Candy Land!Eu não sei,Vossa Alteza-E a garota reverenciou Mariana
    E Mari responde:
    -Quem é você?Qual seu nome?Vossa Alteza?
    E a garota responde
    -Eu sou Cute,Cute Kitten para ser mais precisa..Sou uma garota!Assim como você Alteza desculpe-me....Vossa alteza sim!Mesmo que seus ancestrais tenham abandonado o trono e fugido você continua sendo descendente dela e por isso é nossa Princesa!Espero que futuramente nossa Rainha
    -Eu?Princesa?Esta maluca?Cute não é?Então...Eu nunca soube que era uma princesa.
    -Cuteeeeeeeeeeeee,volte para casaaaaaa o jantar esta prontoo!!!!!!!!
    -Desculpe-me Alteza minha mãe esta chamando tenho que ir...-Disse Cute de afastando
    -Ok mais eu não sei direito onde estou...-Disse Mariana sem notar que Cute ja havia vazado..>.<
    Quando viu um homem com aparencia de soldado,alguma coisa importante do reino.Então ela o chamou:
    -Por favor!Me ajuda!
    Ele observou e a viu:
    -Meu Deus(tipassin OMG)Vossa Alteza!Que honra!Vejo que recebeu a mensagem de nosso povo,Pedindo que comparessece para nos ajudar.Em um desafio FATAL!(Vai morre u.u)
    -Oqueeeeeeeeeeeeeee!!!-Disse ela com uma careta
    -Sim é uma luta contra a planeta Uglyslimy,um planeta muito nogento!
    -Ok..Como eu os vencerei então?
    -Deverá fazer um treinamento!
    -Aff..Ja não basta a escola!
    -Venha comigo Alteza irei apresentar-lhe a nossa treinadora mirim
    Ela foi levada aos seus aposentos que a propósito eram em um belissímo castelo.Se trocou e foi ao treino...
    Lá seria apresentada a treinadora mirim,que a propósito,era ela...É ela mesma a Cute Kitten!
    -Nossa,Cute?Que legal você irá me treinar?
    -Sim Alteza serei eu mesma!
    Então começaram...Treinaram dias e dias,mais o tempo no mundo mortal não passava!
    O grande dia chegou e ela estava preparada!
    Então o Rei do Planeta Uglyslimy disse:
    -Então os fracassados tem uma princesinha?Que mediucre!!!!!!!!!
    -A é?Você gosta de desaforos meu rei?Então engula sua opinião sobre meu planeta e morra engasgado!-Disse Mariana confiante.
    -A é então...COMEÇEM A GUERRA!!!!!!!!!!
    A Luta Começou E durou 72 horas até que toda Uglyslimy estava morta!Mais existiam aguns qe estavam apenas feridos.-E Mariana disse:
    -Parece que engoliram a opinião e morreram C:
    Toda Candy Land fez festa para sua nova Coroada Rainha do submundo!
    Mais Mariana precisava voltar para casa.Então falou para Cute,que falou para o tio do cunhado do primo do amigo do pai do filho do cumpadre do irmão do cara que conhece os portais,e mandou Mariana de volta para casa...
    Até que ela acordou no outro dia com uma mão de seu pai dizendo:
    -Filha,Filha,acorde esta na hora da escola!
    Ela acordou e se arrumou e até hoje pensa que foi apenas um sonho!Vamos guardar esse segredinho?
    Bjão!

    ResponderExcluir
  18. Hehe, pensei que só eu tinha me empolgado, e escrito um monte, mas parece que todo mundo fez o mesmo. Teve gente que escreveu até mais...

    ResponderExcluir
  19. Nome:Andressa
    Blog: http://little-of-everything-blog.blogspot.com
    Continuação:Espantada, começou a pensar como é que aquela chave tinha parado ali. Foi quando Mari sente algo tocar em seus ombros. Olha para trás, e nada. Já com medo, larga a chave, pula para de baixo das cobertas e tenta ligar para seu pai. Não consegue.Tenta ligar também para sua amiga Susan, mas ela não atende; quase chorando, resolve tentar dormir; mas de repente seu celular apita, era uma mensagem.. de um numero desconhecido.A mensagem dizia, ‘S’’.Mariana, ignora, e diz baixinho, ‘’o que?deve ser uma brincadeira de alguém’’’; fecha os olhos, e tenta novamente adormecer, até que de novo, uma nova mensagem, ‘’ESTOU POR PERTO’’.A jovem, já não sabendo o que fazer, resolve chamar sua amiga Aline, que era sua vizinha. Ninguém respondia, então, entra na casa mesmo assim. Logo na sala, se depara com uma cena horrível, Aline, seu irmão e seus pais estavam mortos!Mariana ficou horrorizada, resolveu se aproximar, com a esperança de que estivessem vivos ainda, mas não, já era tarde de mais. Reparou que no lado de cada corpo, havia uma mancha de sangue que formava a letra S. Já chorando, e ainda mais confusa, decide voltar para casa.Deita e diz pra si mesma, ‘’não é nada, vai passar’’; liga de novo para Susan, até que alguém atende, uma voz rouca, que diz ‘’ MORTA’’.Logo após isso, desliga.Mariana em choque, e já completamente sem sono, vai para cozinha, e pega uma faca, temendo que fosse um ladrão, ou algo do tipo.Ouve o barulho de porta abrindo, corre para ver, era sua colega de classe, Samanta, que fica assustada ao ver a garota com uma faca.’’O que você quer Sam?’’ – como todos chamavam Samanta. ‘’Nada, nada não..estava só passando por aqui, e resolvi te dar um oi’’- diz Sam.’’Ahh, entendi.Quer tomar algo?Um chá?’’, ‘’Claro, pode ser!’’.As duas vão para cozinha, Mariana serve chá para visita, quando de repende, Sam levanta, pega a faca e tenta acertar Mari.’’O que?O que é isso Sam?!’’, ‘’Fique parada!’’, ‘’Por que?Por que?’’, ‘’Aquela chave, lembra?’’, ‘’Hã?O que?’’ ‘’Você, eu, Susan e Aline compramos uma chave pra cada uma, como símbolo de nossa amizade, você esqueceu, não é?’’ ‘’Não, Sam, nã...’’. Amanhece, Roberto, pai de Mari chega em casa, e vê sua filha caída no chão ao lado de uma faca.Desesperado, liga para policia. Dois meses depois, descobrem quem foi o assassino, uma menina, que parecia ter problemas mentais, amiga de Mariana, matou suas melhores amigas, uma a uma; Susan, Aline e Mariana, SAM, o nome dela.’’Bom dia!’’, ‘’Hã?O que?Sam!?’’ , ‘’O que foi filha??’’, ‘’Era apenas um sonho!Um sonho!’’, ‘’Ainda não entedi Mari’’, ‘’Aah, pai, depois te conto, é uma longa história..’’

    ResponderExcluir
  20. Oi flor desculpa por não ter te respondido antes, mas eu não vou mais participar não. Desculpa :/

    ResponderExcluir
  21. Nome: Kelly Costa
    Url do Blog: http://uprisingteen.blogspot.com.br/
    Continuação: A chave por mas que pequena, continha muitos detalhes, que se não fossem em relevo, ela talvez nunca pudesse perceber. Mariana ficou intrigada. O que queria dizer aquela misteriosa chave? Ela analisou o envelope novamente, em busca de alguma pista. Nada. O que fizera aquela porta abrir? Um arrepio percorreu sua espinha. Ela pressionou a chave entre as mãos e fechou os olhos, tentando sentir alguma coisa, quaisquer que fosse. Tentou lembrar de alguma fechadura cuja nunca houvera chave que se encaixasse. Foi aí que lhe surgiu um pensamento. Devagar, ela deslizou os dedos delicados por dentro do armário. E sentiu uma corrente de ar, pouco perceptível, mas que a assustou, afinal, em toda sua vida, nunca sentira isso antes. Afastou alguns livros enquanto tateava em busca de uma fechadura. Quando finalmente a achou, tentou encaixar a pequena chave, que abriu uma pequena portinha, onde ela pode ver de relance, algum objeto. Parecia um cofre, como aqueles encontrados para guardar jóias. Puxou devagar, um objeto, que ela pode logo ver, que era uma espécie de diário, bem antigo. Soprou-o para retirar o pó da capa, logo, sentando-se na cama, pensando: Uma hora a mais, uma hora a menos, não fará diferença, lembrando que deveria dormir. Desamarrou o pequeno diário e começou a ler. A cada palavra, ela mal pode sentir que sua boca abria levemente, assustada. Um frio inundou o quarto. Ela nunca lera nada igual.

    ResponderExcluir
  22. Nome: Luiza
    URL do Blog: http://meudiario-minhavida.blogspot.com.br
    Continuação:
    Pegou a chave e se lembrou de um lugar de sua casa, que não tinha chave para abrir.
    Desceu as escadas, e foi correndo para a porta, tentou encaixar a chave, mas não entrava....Pensou, pensou, pensou, até que se lembrou que não era aquela porta, e sim uma pequena porta em seu jardim.Destrancou a porta da sala, pegou a lanterna e saiu até o jardim. Chegou perto do objeto, e encaixou a chave. Quando abriu a pequena portinha, encontrou uma caixinha bem brilhante. Abriu-a e avistou dois brincos muito bonitos, ou melhor, brincos PERFEITOS!Depois dessa maravilhosa descoberta,foi dormir, pois se não, ela teria que dormir na aula, e levaria uma suspensão.
    No outro dia, acordou e desceu para comer café da manhã, estava toda animada. A família até estranhou, mas depois se distraíram.Mariana comeu uma panqueca, e uma maçã, depois subiu toda apressada para colocar seus brincos.Colocou o uniforme, o seu All Star, seu casaco, pegou seu anel de dois dedos, e seu iPhone, e claro, colocou os brincos. Sentiu uma sensação estranha quando colocou-os , mas continuou em frente.
    Na escola, ela chegou bem mais cedo do que o normal, quando deu o sinal, ela não sentiu a mesma sensação do que todos os dias, sentiu-se mais animada para a aula!
    Nas aulas, ela não se sentiu cansada, entediada, ou de outro jeito. Na verdade, ela se sentiu alegre, INTELIGENTE, e animada. Todos os colegas de sua classe, acharam estranho, mas pensaram de que ela estava zoando com os professores. Deu o sinal da saída, o professor pediu para que Mariana esperasse um pouco, para eles conversarem.Ele perguntou o que aconteceu, para que ela ficasse tão diferente dos outros dias. Ela falou que também estranhou, mas se sentia melhor!
    Depois de meses agindo da mesma maneira, ela realmente descobriu que foi o brinco que a fez sentir-se desse jeito.
    Ela descobriu quando um dia esqueceu de ir com o brinco na escola, e se sentiu indisposta, cansada, entediada...
    Contou para seus pais, e eles explicaram que esses brincos eram da antiga deusa: Atena. A Deusa mais esperta que existia.
    A menina se surpreendeu, mas ainda queria saber de como aqueles brincos estavam ali. Seus pais sabiam de tudo então explicaram para Mariana que, aquela casa era, antigamente, o santuário dos Deuses.
    Desde esse dia, ela cuidava muito bem desses brincos, e alguns dias ela ia com eles na escola, e outros ia sem eles!

    ResponderExcluir
  23. Nome: Nicoli Staak
    Url do Blog: www.sweet----girl.blogspot.com.br
    Continuação: A chave era com muitos detalhes e era de ouro , a menina pegou a chave e foi no banheiro , o banheiro esta escorregadio e a menina com máximo de atenção tentava não cair , mais de repente ela escorregou e bateu a cabeça no chão, e caiu num profundo sono , lá ela estava caída no chão, ela se levantou e logo a frente ela avistou uma caixa grande , e como ela era muito esperta ela abriu a caixa com a chave , quando ela abriu, um bilhete saiu voando , pule dentro da caixa , a menina com medo obedeceu, a menina sem saber o que tava acontecendo foi para num mundo aonde tudo podia acontecer , aonde ela viu um diário, curiosa ela abriu , e começou a ler , estava escrito tudo o que ia acontecer no futuro dela,mais de repente um homem mágico veio do nada na direção dela e disse : _ Você ja leu demais...
    e ela voltou ao quarto dela, assustada a menina acordou , e percebeu que seus pais ja aviam chegado correu para contar , os pais delas escutando o que ela estava falando caiu na gargalhada, mais como a menina confiava nela mesmo estava nem ai.

    Desculpe por escrever muito , mais não consegui mais para kkk ... beijinhos e espero que goste

    ResponderExcluir
  24. Eu mandei meu textinho pelo 'Contato' viu? É que me empolguei e acabei escrevendo muito grande... *oo* Confere lá tá? Beijoos'

    ResponderExcluir
  25. Nome:Carool ^^
    Url do Blog:http://way-to-be-girl.blogspot.com.br/


    Continuação:Era de noite. Mariana fechou o livro e apagou a luz. Estava sozinha em casa, para que dormir cedo? Isso não era típico dela. Aninhou-se no meio das cobertas e fechou os olhos. Estava começando a sonhar, quando, de repente, a porta do armário abriu. Ela se levantou. Olhou dentro. Nada. Deveria ser o vento. Fechou a porta e deitou na cama. Sonhava como seria a aula de amanhã. Chata, como sempre? Um barulho de porta abrindo. Era o armário de novo. Impaciente, fechou com mais força a porta. Voltou para a cama. Tinha perdido o sono. Então, a porta se abriu com um estrondo. "Mas que diabos!" Disse com raiva. Mas viu, de repente, um pequeno envelope no fundo do armário. Abriu. Lá continha uma pequena chave.

    Uma chave? pensou.
    Olhando melhor no envelope viu que tabém uma carta escrita.

    " Cara neta, vc finalmente tem a idade certa, pelo que me vem a memória esta chave a leva-rá para um mundo onde não existi-rá nada do que existe no mundo real, se lembras-te as noites e os dias em que não me achavas era porque eu estava tentando encontrar a porta para ir a esse lugar, eu o encontrei e criei o mundo que chamei de "segredo das fadas", mas esse lugar doi dominado e não consegui o conquista-lo até minha morte...
    Encontrar a porta mágica vai ser facil, mas espero que consiga conquistar este mundo. Para lhe ajudar lhe deixarei meu elfo ajudante, ele se chama Giflei, não se preocupe, ele lhe ajudará a encontrar a torre eplilogle que é onde fica as fadas dos anias, bom você irá entender do que eu estou falando, para chamar Giflei diga: " não existe mundo melhor do que o Segredo das Fadas"...
    Mariana ficou meio assustada com as escritas de sua avó, no começo até achou que era uma brincadeira sem graça de seu irmão, mas quando falou a frase para chamar o elfo, ele realmente apareceu, e ai começa uma historia realmente diferente de tudo que existe, bem, você já pensou em um mundo cheio de loucuras com fadas e coisa e tals? Bem eu não, mas essa história me fez acreditar num mundo de fantasia, e bem, pode ser que eu esteja louca, mas eu nunca mais quero sair deste novo mundo que encontrei, Magica existe você só precisa acreditar!!!


    kkkk to meio fora hj *-*
    Mas acho q percebeu q fiz mais que 10 linhas, sei lah, kkk'

    Bom...
    Beijooos

    Aah e desculpe o atraso para mandar isso, é que eu estava meio que de "férias do not"...

    ResponderExcluir
  26. Nome: Vanessa Pinheiro
    Url do Blog: http://nosnopc.blogspot.com

    Continuação:

    Pensou. Observou bem a chave e lembrou de uma pequena caixa que havia na sala de estar. Foi até lá e confirmou suas suspeitas: a chave abria a caixa. Dentro encontrou um pequeno livro muito agradável de se ver, não tinha vontade de abrir ou de deixá-lo, só de olhar pra ele. Então percebeu que já estava parada há alguns minutos e resolvel abrir o livro. No exato momento em que o livro abriu ela sentiu uma emoção, que misturava paz e alegria. Foi quando se viu em um lugar totalmente diferente do seu. Um lugar totalmente branco e à medida que ela pensava em algo, a coisa acontecia na sua frente. Ela passou horas realizando seus desejos e brincando. Quando não tinha vontade de fazer mais nada desejou uma forma de voltar pra casa. Quando Mariana apareceu na sala encontrou um lugar abandonado e com muita poeira, móveis cobertos com lençóis e a casa escura. Olhou pela janela, chamou seus pais mas não responderam. Quando foi ao seu quarto, procurou a luz que ficava ao lado de um espelho que ela tinha em seu quarto, ascendeu a luz e se olhou nele, viu uma mulher de mais ou menos setenta anos e quando percebeu que era seu reflexo, não aguentou a ideia de ter perdido toda a vida em uma fantasia de poucas horas e se matou.

    Moral da História:
    Não troque besteiras da vida por uma coisa tão preciosa. *-*

    Beeeeeijus

    ResponderExcluir
  27. Nome: Anny
    Url do Blog: http://dreamsofagirl-blog.blogspot.com/
    Continuação: A menina achou estranho, pois a chave era muito, mas muito pequena mesmo. Não abriria nenhuma porta ou algo do tipo. Quem sabe uma pequena caixa? De brinquedo talvez. Ela procurou pela tal caixa no armário. Não achou. "Mas que diabos!" - pensou. Estava quase amanhecendo e ela não achara nada parecido com uma caixa, um baú... Enfim, NADA. Mariana estava quase desistindo, quando deitou na cama e sentiu algo embaixo do travesseiro. De fato, era uma pequena caixa. Cor de rosa, com detalhes em dourado, muito lindinha. Não sabia que havia deixado essa caixa lá nem como havia feito isso. Tentou encaixar a chave, deu certo. Lá dentro da caixa havia um papel dobrado várias vezes. Ela pegou o papel, desdobrou e foi ler o que tinha escrito.

    Continua...

    ResponderExcluir
  28. Nome: Nathalia Lima
    Url do Blog: http://qeseja.blogspot.com.br/
    Continuação: "Ela encarou a chave ainda dentro do envelope, já tinha visto aquela chave. Escorregou os dedos no envelope e tocou a chave. Uma dor tremenda tomou conta da sua cabeça e pelos seus olhos passavam memórias que ela não sabia que tinha. A dor era tanta que ela não aguentou ficar de pé, ela se sentiu caindo e depois nada.

    Mariana abriu um pouco olhos e deu de cara com um par de pés, seus olhos se focaram e ela viu Daniel. Os olhos verdes a olhavam. Ele estava nas memórias dela e ele não era quem dizia, nem mesmo ela. Será que foi mesmo verdade o que tinha acontecido? Ela abriu a mão e a chave estava lá. Era verdade. Daniel estava falando com ela, mas ela não estava entendendo.
    - Mariana você está bem - perguntou Daniel. Ela estava ouvindo de novo.
    - Estou Daniel - respondeu Mariana. Daniel estendeu a mão à Mariana e ajudou ela a levantar. Mariana ainda não estava acreditando, ela encarou Daniel. "Ele mentiu para mim" pensou ela. Ela queria apertar o pescoço dele, mas ela queria respostas!
    - Daniel, você mentiu para mim! - Anunciou Mariana
    - O que? Não! Como assim? - Perguntou Daniel, confuso
    Mariana não sabia muito bem como fazer o queria mostrar, ela apenas focalizou e as asas deslizaram para fora de suas costas. Tão brancas e puras.
    - O que você me diz sobre essas asas?"

    [continua]

    ResponderExcluir
  29. Era de noite. Mariana fechou o livro e apagou a luz. Estava sozinha em casa, para que dormir cedo? Isso não era típico dela. Aninhou-se no meio das cobertas e fechou os olhos. Estava começando a sonhar, quando, de repente, a porta do armário abriu. Ela se levantou. Olhou dentro. Nada. Deveria ser o vento. Fechou a porta e deitou na cama. Sonhava como seria a aula de amanhã. Chata, como sempre? Um barulho de porta abrindo. Era o armário de novo. Impaciente, fechou com mais força a porta. Voltou para a cama. Tinha perdido o sono. Então, a porta se abriu com um estrondo. "Mas que diabos!" Disse com raiva. Mas viu, de repente, um pequeno envelope no fundo do armário. Abriu. Lá continha uma pequena chave ...

    [continuação]

    e uma folha que aparentava ser velha, a desdobrou e começou a ler com a chave na mão. "Olá Mariana, você não sabe o quanto é gratificante ver você tão crescida. Cabelos castanhos escuros como o da mãe e os olhos cor do mar como o de seu pai. Sabia que a última vez que eu te vi você estava em meu colo, eu cantando uma canção de ninar e você quase dormindo ... última vez que eu ti vi foi aquela noite. Engraçado, o mundo da voltas, e ontem quem estava por baixo agora está por cima. Seus pais estão viajando, certo ? aaaah Porto Rico é uma bela cidade, seu pai me levou lá quando eramos casados ... Agora levou a outra [risos] E você está sozinha em casa. Que sorte a minha. Vá até o seu quintal, lá deixei uma surpresinha pra você." Com a respiração falha, Mariana deixou a carta cair no chão e ser levada pelo vento que adentrara seu quarto quando a janela estranhamente abriu sozinha. Correu até ela, levantou nas pontas dos pés o máximo possível e tentou olhar para seu quintal. Lá tinha um baú de uma cor marrom envelhecido. Estava preso em sua cabeça com o que aquela pessoa tinha a dizer com "Que sorte a minha.", boa coisa não seria. Respirou fundo e virou-se para andar em direção da porta, saiu e andou escadas abaixou lentamente, sem nenhuma presa. Foi até a cozinha, e abriu as portas dos fundos que dava para o seu quintal quando viu um vulto passando pra dentro de casa. Só posso estar dentro de um pesadelo pensou consigo. Agora um pouco mais desesperada pelo vulto que acabará de ver, correu até o baú e rapidamente o abriu com achava que encontrará no seu arma´rio junto a aquela carta. Dentro do baú continha muito sangue e percebendo bem, dois corpos. Os corpos dos seus pais! Levantou rapidamente, com os os olhos inundados pelas lágrimas que já queimavam a sua pele, e foi andando de costas até que viu aquele vulto novamente e caiu de costas. Uma mão gélida e suave tocou seus ombros e quando ela ia virar, essa 'mão' a segurou pelos braços e a levantou pondo um faca em seu pescoço.
    - É bom te ver novamente, Mariana. - falou a mulher.
    - Ingrid ? O que você está fazendo aqui ? - perguntou a menina apavorada.
    - Vim cumprir minha promessa de vingança quando eu fiz quando seus pais a tiraram de mim. - falou a mulher com raiva.
    - O que você vai fazer ? - perguntou a menina chorando.
    A mulher não respondeu nada, apenas uma lágrima misturada em raiva, ódio, saudades e uma pitada de alegria escorregou sobre sua face enquanto passava a faca rapidamente sobre o pescoço da menina que cairá de seus braços morta no chão.

    THE END.

    ----------------------------------------------------
    Vish ... Nem sei se ainda dá tempo de mandar a resposta dessa prova
    e também nem sei se está boa. Le com carinho o trecho acima ok Vickie ?
    rsrs Queria fazer algo de suspense, será que eu consegui e será que ficou bom ?
    rsrsr Tomara.

    Beijos,
    ~ Ana Melissa <33 Nhaaaaaaaac =3

    ResponderExcluir
  30. OH MEU DEUS, ESQUECI DE COLOCAR O NOME E O URL DO BLOG =O
    Nome: Ana Melissa
    Url do Blog: http://doucelamour.blogspot.com.br/
    Só você "juntar" com a continuação que eu fiz. Por favor e desculpa =/

    ResponderExcluir